Romário pede e Senado cria CPI sobre manipulação de resultados no futebol

Durante sessão plenária na últim terça-feira (12), o presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), anunciou a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar os casos de manipulação de resultados no futebol brasileiro

A criação da CPI foi requerida pelo senador e ex-jogador Romário (PL-RJ), com base no relatório da SportRadar, apontando que o Brasil segue na liderança mundial de jogos sob suspeita manipulação, com 109 partidas em 2023.

“Após anos de um mercado totalmente sem regulamentação e pela enorme quantidade de dinheiro que o setor movimenta, não podemos mais fechar os olhos para o que vem acontecendo com a integridade do nosso esporte, o esporte nº 1 e mais popular do planeta, a paixão de todos, não só os brasileiros, como todos nós do mundo que gostamos de futebol. Isso é um absurdo, pelo menos no meu modo de ver e de entender. Isso nos coloca como o país com o maior número de partidas analisadas nesta condição”, disse Romário em discurso no Senado.

A comissão será composta por 11 senadores titulares e sete suplentes. Os trabalhos durarão pelo menos 180 dias, mas poderão ser prorrogados ao final deste período.

Fonte: Lucas Pavin/OCP NEWS

Últimas notícias

Comitiva de Imbituba está na maior feria de turismo da América Latina

Imbituba está representada por um grupo dirigido pela Secretaria...

Mutirão da campanha Castração é a Solução realiza 267 procedimentos no final de semana em Criciúma

Iniciativa tem como objetivo reduzir a quantidade de animais...

PM resgata cães e gatos em situação de maus-tratos em Treviso

Na manhã de segunda-feira, 15, a Polícia Militar de...

Juventus recebe R$ 1,5 milhão de emenda parlamentar para investir na base

O Juventus ganhou mais uma ajuda para o fortalecimento...

CBF afasta três árbitros após a 1ª rodada do Brasileirão

As polêmicas logo na primeira rodada do Campeonato Brasileiro...

Notícias Relacionadas