Governo Federal adia aplicação do CNU em todo o país

Devido às intensas chuvas que afetam o estado do Rio Grande do Sul, o governo federal decidiu adiar, em todo o país, a aplicação das provas do CNU

Concurso Nacional Unificado, para mais de dois milhões de candidatos. As provas estavam marcadas para este domingo, dia 5 de maio.

O adiamento foi confirmado nesta sexta-feira (3) pela ministra da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos, Esther Dweck, e pelo ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, Paulo Pimenta.

Segundo a ministra, o governo chegou à conclusão de que é impossível fazer a prova no Rio Grande do Sul, devido aos estragos causados pela chuva. Ela disse que a decisão foi tomada para que todos os candidatos tenham acesso garantido à realização do exame. Por isso, confirmou o adiamento para todo o país.

Antes, o ministro Paulo Pimenta já havia informado que o governo avaliava um possível adiamento das provas no Rio Grande do Sul, onde foi decretado estado de calamidade. No estado, são 86 mil candidatos inscritos para fazerem a prova em dez cidades.

O CNU é o concurso com o maior número de candidatos já realizado no país. Em todo o Brasil, serão mais de 3,6 mil locais de aplicação e mais de 75 mil salas. Os DOIS MILHÕES de candidatos concorrerão a 6640 vagas de 21 órgãos públicos federais.

A nova data de aplicação do concurso ainda não foi definida.

Últimas notícias

Prefeitura de São Joaquim adota medidas preventivas para garantir transporte de Saúde em meio a chuvas intensas

Devido às chuvas constantes que têm assolado a região,...

Semana do MEI acontece em Criciúma

Palestra de abertura será na segunda-feira (20), às 19h,...

Ferido, gato maracajá recebe atendimento após ser encontrado em galinheiro de Jaguaruna

Um gato-maracajá ferido recebeu atendimento na última sexta-feira, dia...

Lotérica Orleans informa: Mega acumula e sorteia R$ 37 milhões para amanhã terça-feira

Lotérica Orleans informa que nenhuma aposta acertou as seis...

Polícia Civil fecha fábrica clandestina de azeites

A Polícia Civil fechou uma fábrica clandestina de produção...

Notícias Relacionadas