5 passos para lidar com a saudade de forma saudável

Especialista do CEJAM dá dicas para enfrentar o sentimento e alcançar o crescimento pessoal

Que atire a primeira pedra aquele que nunca sofreu de saudade. Essa emoção universal, muitas vezes descrita como uma mistura agridoce de boas lembranças e uma pontada de nostalgia, normalmente, nos acompanha ao longo da vida, seja pela falta de um amigo, um amor, um familiar, um pet, uma rotina, ou até mesmo um lugar.

Até então, tudo bem! O problema é quando ela se transforma em um peso, e as memórias do passado passam a impedir os avanços em diferentes pilares da vida.

“Sentimos saudade pela distância ou ausência de algo ou alguém. Quando se trata de perdas, lidar com a saudade pode ser algo difícil e desafiador. Mas ela também pode representar momentos felizes de nossas vidas, trazendo conforto e alegria, fazendo-nos revisitar o nosso passado”, afirma Lígia Kaori Matsumoto, psicóloga do Hospital Dia M’Boi Mirim I, gerenciado pelo CEJAM em parceria com a Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo.

Sintomas como alterações no apetite, insônia, ansiedade e vazio podem ser indicativos de como a saudade influencia não apenas nosso estado emocional, mas também nossa saúde física, confirmando como a complexidade dessa emoção pode desencadear uma série de reações no corpo, caso não seja gerenciada adequadamente.

“Para lidar com a saudade, é crucial permitirmos senti-la. É necessário compreender que as situações na vida ocorrem frequentemente sem controle, e que a saudade é um sentimento normal. Haverá dias mais tranquilos e outros nos quais ela se manifestará de forma mais intensa”, explica a psicóloga.

Ainda de acordo com a especialista, nos dias em que a saudade chegar a doer, pode ser útil cerca-se de pessoas que trazem conversas e sentimentos bons. Além disso, buscar distrações também pode ajudar a desviar o foco da dor, contribuindo para a superação e a ressignificação do sentimento.

“Estimular a criatividade, seja através da escrita, fotografia, desenho, artesanato, culinária, cuidado com plantas, entre outros, pode ser uma maneira eficaz de expressar os sentimentos e melhorar o bem-estar momentâneo”, complementa.

Além do desenvolvimento de hobbies, Kaori também orienta sobre a importância de se permitir sentir e de se tratar com carinho ao vivenciar a saudade. Segundo ela, existem alguns passos para transformar essa falta em uma oportunidade de crescimento pessoal.

Confira abaixo alguns deles:

  1. Aceite o sentimento: O primeiro passo para lidar com a saudade de maneira saudável é aceitar que as emoções são fluidas. Assim, de acordo com a profissional, o segredo é se permitir sentir, sem julgamentos.
  2. Compreenda as mudanças: Que a vida é um processo contínuo de mudanças, todos sabemos. Por isso, entender que as pessoas, os lugares e as circunstâncias evoluem ao longo do tempo pode ajudar a suavizar a intensidade da saudade.
  3. Cuide-se: Sem dúvida, em momentos de saudade intensa, é crucial praticar o autocuidado. Pensando nisso, a psicóloga ressalta a importância de cuidar da saúde física, mental e emocional. Exercícios regulares, alimentação equilibrada e momentos de relaxamento são exemplos de ações que podem contribuir significativamente para o bem-estar.
  4. Estabeleça metas futuras: Ao invés de se prender ao passado, concentre-se em estabelecer metas e criar experiências para o futuro. Essa também pode ser uma boa maneira de lidar com a sensação.
  5. Mindfulness: Por fim, a prática pode ajudar a ancorar no momento presente. De acordo com a especialista, aprender a se concentrar no aqui e agora, sem se prender excessivamente ao passado, também pode ser uma ferramenta poderosa no enfrentamento da saudade.

Sobre o CEJAM   O CEJAM – Centro de Estudos e Pesquisas “Dr. João Amorim” é uma entidade filantrópica e sem fins lucrativos. Fundada em 1991, a Instituição atua em parceria com prefeituras locais, nas regiões onde atua, ou com o Governo do Estado, no gerenciamento de serviços e programas de saúde nos municípios de São Paulo, Rio de Janeiro, Mogi das Cruzes, Itu, Osasco, Campinas, Carapicuíba, Franco da Rocha, Guarulhos, Santos, São Roque, Francisco Morato, Ferraz de Vasconcelos, Pariquera-Açu e Itapevi.    Com a missão de ser instrumento transformador da vida das pessoas por meio de ações de promoção, prevenção e assistência à saúde, o CEJAM é considerado uma Instituição de excelência no apoio ao Sistema Único de Saúde (SUS). O seu nome é uma homenagem ao Dr. João Amorim, médico obstetra e um dos fundadores da Instituição.

No ano de 2024, a organização lança a campanha “365 Novos Dias de Cuidado, Amor e Esperança: Transformando Vidas e Construindo um Futuro Sustentável”, reforçando seu compromisso com o bem-estar social, a preservação do meio ambiente e os princípios de ESG (Ambiental, Social e Governança).Siga o CEJAM nas redes sociais (@cejamoficial) e acompanhe os conteúdos divulgados no [cejam.org.br/noticias]site da instituição.

Assessoria de Imprensa:MáquinaMayara Nericejam@maquinacw.com

Últimas notícias

Violência contra a mulher: denúncias ao Ligue 180 crescem 25% em 2023

A Central de Atendimento à Mulher, o Ligue 180,...

Vereadores de Orleans se reuniram nesta segunda dia 26 para tratar de vários assuntos

Os vereadores de Orleans se reuniram nesta segunda-feira dia...

Gaeco deflagra Operação Publicanos em combate à sonegação fiscal e lavagem de dinheiro

Na manhã de segunda-feira, 26/2, o Grupo de Atuação...

Polícia Militar desarticula laboratório de drogas sintéticas em Florianópolis

Na noite de domingo, 25, a Polícia Militar de...

Notícias Relacionadas