Transferência de evento em Laguna gera polêmica

Cidade não terá mais o Universipraias. Prefeitura emite nota sobre os motivos

Após a polêmica da transferência do evento Universipraias de Laguna para Florianópolis, a prefeitura emitiu uma nota oficial para esclarecer os motivos da mudança.

“Conforme declarado pela organização do evento, a decisão de mudar a localização do Universipraias não se deve a qualquer problema ou desentendimento com a prefeitura de Laguna ou suas normas para megaeventos. Pelo contrário, a prefeitura e todos os órgãos competentes sempre receberam o evento de braços abertos, proporcionando todo o suporte necessário”, diz a nota.

A principal razão para a transferência do evento, segundo a administração municipal, foi a questão da hospedagem. “Nos últimos anos, os participantes do Universipraias têm enfrentado dificuldades significativas em relação aos valores abusivos e às condições de hospedagem, especialmente nas casas de aluguel. Cerca de 70% do público do evento ficava em casas de aluguel, enquanto os outros 30% utilizavam hotéis”, explica a nota.

“Embora tenha sido possível negociar com o setor hoteleiro, parte das imobiliárias e proprietários de imóveis foram irredutíveis em ajustar os preços ou melhorar as condições de hospedagem”, completa.

Agravantes   

Esse problema se agravou, segundo a prefeitura, com relatos de situações em que imóveis estavam superlotados, com condições precárias e preços elevados, impossibilitando uma experiência confortável e segura.

“A organização do Universipraias tentou diversas formas de resolver essa questão, mas não obteve sucesso, levando à decisão de transferir o evento para Florianópolis, onde há uma maior disponibilidade de acomodações adequadas e acessíveis para os estudantes. Portanto, a saída do Universipraias de Laguna se deu exclusivamente devido às dificuldades relacionadas à hospedagem e não por qualquer ação ou falta de apoio da prefeitura”, conclui a nota.

Evento que divide opiniões

Esta semana foi definido que o Universipraias, amado por uns e odiado por outros, não acontecerá mais em Laguna. O evento, que reúne milhares de estudantes universitários, passará a ser realizado em Florianópolis. Nas edições de Laguna, a festa ficou marcada por cenas de vandalismo e uso indiscriminado de drogas pelas ruas da cidade. No ano passado foi registrado até mesmo um perfil no Instagram que promovia venda de substâncias ilegais, chamado “universidroga”.

Fonte: Diário do Sul

Últimas notícias

Campanha busca fortalecer setor de exportação

A campanha tem dois eixo A ApexBrasil lançou uma campanha...

Inspeção por câmera com IA auxilia exportação

“Os dispositivos da Hikrobot fazem uma inspeção minuciosa" Os avanços...

Farol de Santa Marta terá tour guiado com acesso ao topo de 17 a 23 de junho

Dos dias 17 a 23 de junho, das 9h...

Prazo para alistamento acaba em 15 dias

empo de permanência na Marinha, Exército ou Aeronáutica é...

Drogas são apreendidas em barreira policial no Farol de Santa Marta

A ação foi realizada durante barreira policial montada na...

Notícias Relacionadas