Santa Catarina é destaque em publicação sobre educação alimentar e nutricional

A rede estadual de ensino de Santa Catarina é um dos destaques do livro sobre a 5ª Jornada de Educação Alimentar e Nutricional (EAN), do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE)

Dos 20 relatos selecionados para compor a obra, dois são catarinenses. O lançamento da publicação está previsto para maio deste ano.

Uma das selecionadas de Santa Catarina foi a EEB Felipe Manke, de Massaranduba. A escola apresentou o relato ‘Abelhas Nativas: Polinizando para Um Futuro Sustentável por Meio da Agroecologia’. A atividade foi realizada em parceria com a nutricionista Aline Pereira da Silva.

“A participação na 5ª edição da Jornada de EAN estimulou os alunos para o conhecimento sobre a importância das abelhas nativas, possibilitando aprender em diversos espaços de aprendizado valiosos para a troca de ideias dentro e fora da sala de aula”, afirmou Aline.

Já a EIEF Wherá Tupã Poty Djá, de Biguaçu, foi selecionada pela ‘Valorização da Cultura Alimentar Indígena Guarani Através de Ações de EAN na Escola Wherá Tupã Poty Djá’. O relato foi apresentado e redigido pela nutricionista Rayza Dal Molin Cortese, que desenvolveu as atividades na escola em parceria com a nutricionista Josiane Hilbig.

Segundo Rayza, “além de incentivar debates e reflexões sobre alimentação saudável, as atividades possibilitaram o envolvimento das famílias nas atividades e ações, permitindo aos mais jovens observar e aprender com os membros mais velhos as técnicas culinárias para a elaboração de preparações típicas da cultura indígena”.

A Educação Alimentar e Nutricional é reconhecida pela Secretaria de Estado da Educação como uma importante diretriz do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), prezando pela autonomia e autocuidado dos estudantes para que suas escolhas alimentares sejam cada vez mais saudáveis e sustentáveis.

A 5ª Jornada de EAN foi realizada em 2023 pelo FNDE, visando promover e fomentar ações de Educação Alimentar e Nutricional no âmbito das escolas estaduais e municipais. Segundo o FNDE, das 1.508 escolas participantes de todo o país, 349 finalizaram a Jornada de EAN e vão receber um selo e um certificado de Menção Honrosa.

As atividades foram divididas em quatro temas: ‘Aprendendo sobre alimentação saudável na prática: vamos cozinhar?’, ‘Agroecologia é o caminho para a saúde da humanidade e do planeta’, ‘Utilização das mídias sociais como facilitadoras para integrar a comunidade escolar nas atividades de EAN’ e ‘Valorização e resgate da cultura alimentar regional, por meio da promoção da EAN’.

Fonte: SECOM

Últimas notícias

Comitiva de Imbituba está na maior feria de turismo da América Latina

Imbituba está representada por um grupo dirigido pela Secretaria...

Mutirão da campanha Castração é a Solução realiza 267 procedimentos no final de semana em Criciúma

Iniciativa tem como objetivo reduzir a quantidade de animais...

PM resgata cães e gatos em situação de maus-tratos em Treviso

Na manhã de segunda-feira, 15, a Polícia Militar de...

Juventus recebe R$ 1,5 milhão de emenda parlamentar para investir na base

O Juventus ganhou mais uma ajuda para o fortalecimento...

CBF afasta três árbitros após a 1ª rodada do Brasileirão

As polêmicas logo na primeira rodada do Campeonato Brasileiro...

Notícias Relacionadas