Queijo de Iraceminha está na lista dos melhores do mundo

Indústria e Comércio de Laticínios Perosa conta com auxílio das consultorias tecnológicas do Sebrae

A Indústria e Comércio de Laticínios Perosa Ltda de Iraceminha, extremo-oeste catarinense, produz queijos finos e derivados lácteos como doce de leite e ricota desde 1998, resgatando receitas e trazendo novidades ao mercado. Em 2011, após a partida repentina de Darci Perosa, a queijaria fechou as portas. Mas, o amor pelo produto nunca desapareceu. Em 2019, o filho Diego Perosa viajou à Itália em busca de diferenciais no ramo, inspirado nos segredos da produção do Parmesão e Caccio Cavalo. Em 2021, reabriu as portas da Queijos Perosa, conquistou prêmios e continuou a jornada com paixão e dedicação.

A empresa já participou de diversas ações do Sebrae/SC, o Sebraetec com consultoria tecnológica que proporcionou o desenvolvimento do site da empresa. Também recebeu atendimento do Programa Agente Local de Inovação (ALI), na categoria Produtividade, como ressaltou Diego. “O Sebrae/SC possibilitou acesso a mais ferramentas como e-commerce, programas de gestão, cursos e subsídios para análises de laboratório. Isso conta muito para quem está iniciando seu empreendimento”, explicou.

Após se desligar do antigo trabalho e começar a dedicação integral a queijaria, Diego lembrou os desafios. “No final de 2019 resolvi voltar a produzir alguns queijos por hobby e gradativamente a produção foi aumentando. Em 2021, realizei uma ampliação da fábrica e regularizei o negócio. O início é sempre difícil, acaba sendo uma aposta, estava em um emprego estável, que me proporcionava segurança, essa troca por algo incerto foi bem desafiadora. Passado esse momento de aflição e superação, o resto são desafios do dia a dia”, destacou.

Saber produzir queijos não era o suficiente para seguir a frente da empresa, ressaltou Diego, era necessário aprender outras áreas. “Gerenciar um empreendimento é complexo, tive que apreender sobre preço, marketing, logística, e me posicionar no mercado. São muitas as variáveis, e o Sebrae através das consultorias proporcionou uma visão de mercado diferenciada, posicionamento e busca constante por diferenciais. Os resultados são as recentes premiações conquistadas e a busca pelo produto”, comemorou.

Atualmente a Queijos Perosa passa por um momento de consolidação da marca. “Buscamos ser lembrados como referência na produção de bons e inovadores queijos no segmento, esse é o nosso objetivo no momento. Que possibilitará vender os produtos em todo o território nacional”, ressaltou.

A analista de atendimento do Sebrae/SC no extremo-oeste, Carine Ribeiro, destacou o trabalho de ensaios físico-químicos e microbiológicos realizados na empresa, de acordo com legislação vigente. Para cada amostra ensaiada, a empresa recebe um Relatório de Ensaio, com os resultados e pode comprovar a qualidade dos produtos, verificar a conformidade com os padrões previstos pela legislação vigente e atestar o consumo. “Através da metodologia do Sebraetec, disponibilizamos serviços para adequação à legislação, redução de custos e conquistas de novos mercados, como serviços metrológicos para ensaios e calibrações, prototipagem de produtos, certificações, consultorias, adequação às normas técnicas, design de comunicação para buscar novos clientes, programas de saúde e segurança no trabalho e eficiência energética”, destacou.

PREMIAÇÕES                                                                                                                                      O queijo parmesão da Queijos Perosa foi um dos primeiros a ser reconhecido, em 2022, conquistou o 5º lugar em um concurso organizado pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).

Em outubro de 2023, o parmesão conquistou medalha Bronze no World Cheese Awards – maior Concurso Internacional de Queijos do mundo. A 35ª edição do Prêmio ocorreu em outubro, em Trondheim, na Noruega. O parmesão também obteve Ouro no Prêmio Queijo Brasil 2023, realizado em Blumenau (SC). Outras premiações incluem o concurso Queijo Brasil com uma medalha de Prata para o Raclette – queijo estilo suíço.

 

Fonte: MB Comunicação Empresarial/Organizacional/Jornalista Responsável – Marcos A. Bedin

Últimas notícias

Procedimento inovador é realizado no serviço de hemodinâmica do HSJosé

Inteligência artificial foi utilizada para auxiliar na realização de...

Faleceu hoje aos 85 anos a Sra. Aleida Zomer

Faleceu hoje dia (26) ás 8:40 no hospital de...

Governo do Estado lança Estação Inverno 2024 para impulsionar o turismo planejado nos dias de frio

Apostando mais uma vez no potencial turístico de Santa...

Criciúma presenteia transportadoras pela colaboração na Campanha “Juntos pelo Rio Grande do Sul”

O clube presenteou na tarde da quinta-feira (23), cada...

Prazo para solicitar reembolso de ingresso para Criciúma x Palmeiras é na terça-feira (29)

A solicitação do reembolso é através do site: www.minhaentrada.com.br/digitalizar-ingresso O...

Notícias Relacionadas