Porto de Porto Alegre bate recorde de movimentação de cargas

As principais mercadorias incluíram trigo, fertilizantes, sebo bovino, cevada e cargas gerais, evidenciando a variedade e amplitude das operações portuárias

O Porto de Porto Alegre, operado pela Portos RS, registrou o melhor desempenho operacional de sua história durante o último bimestre. De acordo com dados fornecidos pela empresa, a movimentação de cargas atingiu um pico notável, marcando um crescimento sem precedentes no setor.

No mês de fevereiro, a unidade portuária alcançou a marca de 107.274 toneladas movimentadas, estabelecendo um novo recorde para este período. Esse marco não apenas ressalta a eficiência operacional do porto, mas também contribuiu para consolidar o primeiro bimestre de 2024 como o melhor de todos os tempos, com um total de 175.227 toneladas movimentadas. Este número representa um aumento significativo de 81.02% em comparação com o mesmo período do ano anterior, demonstrando um crescimento substancial e sustentável.

A diversidade de cargas que transitaram pelo Porto de Porto Alegre reflete a sua importância como um centro logístico vital. As principais mercadorias incluíram trigofertilizantes, sebo bovino, cevada e cargas gerais, evidenciando a variedade e amplitude das operações portuárias. Destaca-se que o Brasil liderou como o principal país de origem das mercadorias desembarcadas, representando 58.64% do total, seguido por nações como Rússia, Argentina, Alemanha e Uruguai. Quanto aos destinos das exportações, os Estados Unidos emergiram como o principal mercado, seguidos pelo mercado interno brasileiro.

Fernando Estima, gerente de planejamento e desenvolvimento da Portos RS, expressou otimismo diante desses resultados excepcionais. Ele enfatizou o compromisso contínuo das empresas com o Porto de Porto Alegre e os esforços da Portos RS para impulsionar o desenvolvimento da hidrovia e do cais comercial.

Além disso, Estima destacou os investimentos planejados para melhorias na infraestrutura, como a obra de requalificação da pavimentação da área operacional, que está prevista para ser executada ainda em 2024. Tais iniciativas visam aprimorar a eficiência e a segurança das operações portuárias, preparando o terreno para um futuro ainda mais próspero.

Fonte: AGROLINK – Aline Merladete

Últimas notícias

Síndrome da fadiga crônica atinge mais mulheres e quem teve Covid ou dengue

No Brasil, o Ministério da Saúde não tem dados...

Equipe de Tubarão brilha no Brasileiro de Karatê

Neste final de semana, a cidade de Joinville foi...

Jaraguá Futsal amassa o Corinthians e sai na frente na 1ª fase da Copa do Brasil

Na teoria, equilíbrio. Na prática, domínio total aurinegro. Em...

O Tigre realizou um treino técnico e tático na tarde desta segunda-feira

O Criciúma terá pouco tempo de preparação até entrar...

Suicídio: o preocupante aumento da taxa entre crianças e jovens e a importância de falar sobre o tema

No período de 2011 a 2022, observou-se um crescimento...

Notícias Relacionadas