O papel da coquetelaria na cultura brasileira: uma celebração de sabores e histórias

A coquetelaria brasileira está em ascensão, conquistando paladares e reconhecimento internacional

Mais do que uma simples mistura de bebidas, ela se revela como uma forma de expressão cultural, conectando-se à história, à identidade e à biodiversidade do país.

A miscigenação cultural deu origem, por exemplo, a drinks como a caipirinha, símbolo nacional que combina cachaça, limão e açúcar. Ao longo dos séculos, imigrantes de diversas partes do mundo trouxeram novas técnicas e ingredientes, enriquecendo o repertório da coquetelaria nacional. A riqueza da flora brasileira é um dos pilares. Frutas como caju, cupuaçu, açaí e graviola, ervas tradicionais no país como capim-santo e hortelã, e especiarias como a pimenta-rosa são alguns dos ingredientes que conferem sabor e identidade aos coquetéis.

Bartenders brasileiros estão inovando e reinterpretando técnicas clássicas, criando coquetéis com apresentações impecáveis e sabores surpreendentes. A utilização de infusões, defumação, clarificação e outros métodos demonstra a criatividade e o profissionalismo que marcam a coquetelaria nacional.

E isso tudo além dos bares e restaurantes, conectando-se com o público em diversos eventos e plataformas. Festivais, workshops e palestras ministradas por bartenders atraem cada vez mais adeptos e popularizam o acesso a essa forma de arte. Um exemplo disso é o “Tour Kalvelage”, que trouxe para o espaço da destilaria, em Blumenau, 15 bartenders para trocar experiências sobre esse universo. O “Tour Kalvelage” é uma nova iniciativa, que começou em Blumenau e deve seguir para outras regiões, em breve.

Wag Bueno, bartender parceiro da destilaria Kalvelage, diz que a coquetelaria brasileira está em constante evolução. “Neste momento, vem acontecendo uma das maiores evoluções de todos os tempos na classe. O consumidor tem um interesse maior em buscar informações dos produtos e as marcas estão se integrando de forma mais ativa nesse elo entre produto e bartender. O Tour Kalvelage é um exemplo disso, de integração entre uma marca reconhecida e premiada mundialmente, com bartenders. Hoje, vemos bares mais estruturados, profissionais mais valorizados, clientes mais interessados e exigentes. Acredito que esses três pilares são fundamentais para o crescimento e para a constância da categoria”, ressalta.

Sobre a Kalvelage Distillery

Determinados a produzir uma vodka de alta qualidade no Brasil, os irmãos Marcos e Maurício Kalvelage fundaram a empresa que carrega o sobrenome e a tradição, a Kalvelage Distillery, em Santa Catarina, em 2012. A Kalvelage é uma das pioneiras no Brasil na linha de destilados de cereais de alta qualidade e recebeu, em 2014, o primeiro prêmio internacional. De lá pra cá, já são mais de 30 prêmios distribuídos entre diversos concursos internacionais.

Em 2023, a destilaria conquistou uma honraria inédita para o Brasil: o Blended Whisky recebeu o Triple Still Award, concedido às bebidas que conquistaram a medalha double gold em três das mais importantes competições de destilados do mundo, em San Francisco e Nova York, nos Estados Unidos, e outro em Singapura. Um feito único a uma destilaria brasileira que foi concedido pelo Tasting Alliance, grupo formado pelas três competições internacionais.

 Fonte: Andressa da Silva Peixer

Últimas notícias

O Criciúma Esporte Clube recebeu o Laudo de Salubridade

O Criciúma Esporte Clube recebeu o Laudo de Salubridade,...

Faleceuaos 95 anos o Sr. Pedro Correa Nunes

Faleceu hoje dia (18) a 00:10 no hospital de...

Meia deixa o Atlético Tubarão uma semana depois de ser anunciado

Ele recebeu uma proposta do Ferroviário (CE), que disputa...

Agricultor de 74 anos colhe batata-doce gigante em Alto Bela Vista

O agricultor Ivo Kossian, de 74 anos, colheu uma...

Governo de SC vai lançar projeto para abrigar desalojados do Rio Grande do Sul

Segundo dados da Assistência Social, aproximadamente 400 famílias já...

Notícias Relacionadas