‘Gatonet’: polícia fecha fábrica clandestina de TV a cabo

Agentes apreenderam diversos equipamentos de televisão, responsáveis por captar e transmitir de forma ilegal a programação de empresas de canais por assinatura

Uma fábrica clandestina de aparelhos de TV a cabo foi alvo de uma ação do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais),  terça-feira (24), na zona leste de São Paulo.

Os policiais apreenderam diversos equipamentos de TV Box, os chamados “gato net”, responsáveis por captar e transmitir de forma ilegal a programação de empresas de canais por assinatura. Os aparelhos eram vendidos em centros de comércio popular espalhados pela cidade de São Paulo.

O fechamento da fábrica ocorreu durante uma operação de policiais 1ª Delegacia DIG (Antipirataria). A ação identificou um possível centro de distribuição de TV Box. A equipe fez a incursão em um imóvel na rua Carnot, no Canindé.

Além do encontro do estoque dos equipamentos foi encontrada uma linha de montagem dos aparelhos. Todo o material utilizado na produção acabou recolhido.

Kaic Ferreira*, da Agência Record

*Estagiário sob supervisão de Laura Lourenço

Últimas notícias

O Criciúma Esporte Clube recebeu o Laudo de Salubridade

O Criciúma Esporte Clube recebeu o Laudo de Salubridade,...

Faleceuaos 95 anos o Sr. Pedro Correa Nunes

Faleceu hoje dia (18) a 00:10 no hospital de...

Meia deixa o Atlético Tubarão uma semana depois de ser anunciado

Ele recebeu uma proposta do Ferroviário (CE), que disputa...

Agricultor de 74 anos colhe batata-doce gigante em Alto Bela Vista

O agricultor Ivo Kossian, de 74 anos, colheu uma...

Governo de SC vai lançar projeto para abrigar desalojados do Rio Grande do Sul

Segundo dados da Assistência Social, aproximadamente 400 famílias já...

Notícias Relacionadas