Criciúma abre a 5ª edição do Festival Nacional de Teatro Revirado no dia 27

Criciúma abre a  5ª edição do Festival Nacional de Teatro Revirado  de 27 de maio a 1º de junho

Na programação, peças teatrais de 14 companhias de várias regiões do Brasil e também da Argentina. A estreia do Festival no dia 27 de maio será espetáculo “Amor Negro Amor”, do Coletivo Ação Zumbi, de Florianópolis, especialmente as 19h30, no Teatro Elias Angeloni. A programação da noite integra o  diferencial das outras edições, pois deixa de ser itinerante. Todas as noites o Elias Angeloni abre as portas para apresentações teatrais com linguagens e temas bem diversificados. É importante observar a classificação indicativa. A entrada é franca e, um  ponto de coleta de kits de higiene e ou produtos de limpeza, em solidariedade aos  vizinhos gaúchos para receber  doações. Além de Criciúma o Festival será realizado nas cidades de Orleans, Içara, Cocal do Sul e Forquilhinha. A mostra é promovida pelo Grupo de Teatro Revirado e, nesta edição, terá a participação de 14 grupos de teatro das regiões sul, sudeste e nordeste do Brasil e também da Argentina. Serão 25 apresentações gratuitas para diversos públicos. Para promover a acessibilidade, um tradutor de Libras integra os espetáculos. (Programação completa abaixo).

As apresentações serão realizadas em parques, praças, centros culturais e teatros das cidades. A extensa programação pretende levar muito teatro e cultura ao público às pessoas dos municípios, sendo um dos eventos artísticos mais importantes do calendário cultural do sul de Santa Catarina. Promovido a cada dois anos, a primeira edição foi realizada em 2017 em comemoração aos 20 anos de trajetória do Grupo de Teatro Revirado.

Para Reveraldo Joaquim, idealizador do Grupo de Teatro Revirado, o espaço do Teatro Elias Angeloni traz mais segurança para os atores, músicos, produtores e toda técnica, bem como para o público em geral em relação às mudanças climáticas que poderão ocorrer: “Nos outros anos, o Festival acontecia principalmente em espaços alternativos, como caminhões-palco e estruturas montadas em praças e muitas vezes éramos surpreendidos pelas as alterações do tempo.  Desta vez, conseguimos trazer espetáculos que se encaixam em uma estrutura mais convencional de teatro, com iluminação e sonorização de alta qualidade e, segurança e conforto ao público evitando riscos de cancelamento de espetáculos”, explica Reveraldo.

Por ser um Festival itinerante, durante o dia, as peças que serão apresentadas nos demais municípios da região serão em espaços alternativos como pátios de escola e quadras cobertas. “A ideia do projeto é descentralizar a difusão teatral, levando cultura e diversão a diversos públicos”, comenta o organizador Reveraldo Joaquim.

As apresentações matutinas e vespertinas no Teatro Elias Angeloni estarão abertas para as escolas de Criciúma. No dia 28 de maio, às 9h30 e 14h, o Poeira Grupo de Teatro, de Florianópolis, apresentará o espetáculo Percursos: O Último Voo de Um Menino, e no dia 29/05 a Cia Cobaia Cênica, de Rio do Sul, trará a peça Rio Bernunça às 9:30h. O agendamento com as escolas interessadas poderá ser feito diretamente com a organização do Festival pelo WhatsApp  (48)  9.96441849.

Foram 429 peças inscritas do Brasil e Argentina. Para este ano, entre artistas e produção local, o Festival conta com aproximadamente 150 pessoas envolvidas diretamente, movimentando e aquecendo a economia local. Nas quatro primeiras edições passaram pela região sul do estado 219 artistas de 55 grupos, totalizando 141 apresentações gratuitas para um público aproximado de 35 mil pessoas, além de atividades formativas para os mais diferentes públicos. O V Festival Nacional de Teatro Revirado é realizado em parceria com o Ministério da Cultura, com patrocínio da Eliane, Diamante Energia, Farbem e  Giassi Supermercados  por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura – Lei Rouanet. Conta com o apoio da Brametal e da Prefeitura Municipal de Cocal do Sul e da Prefeitura Municipal de Orleans e da LeyBack.

 SOBRE A PEÇA DE ABERTURA:

27 de maio – Teatro Elias Angeloni – 19h30 – classificação 12 anos

Amor Negro Amor, do Coletivo Ação Zumbi, de Florianópolis é um espetáculo teatral musicado que aborda como principal questão a solidão da mulher negra. Nele, a espectadora e o espectador são convidados a atravessar localidades e épocas distintas, conhecendo realidades de mulheres e homens negros que vivenciam diferentes formas de amor e desamor.

A Associação Cultural Ação Zumbi nasceu na capital catarinense e desde 2003 dedica-se ao fomento de atividades artísticas, educativas e culturais com especial enfoque na valorização da cultura negra. Desde o início, contava com mais de 16 integrantes e atualmente conta com cerca de 40 membros.

Fonte: Sul Notícias

Últimas notícias

Prefeitura de São Joaquim adota medidas preventivas para garantir transporte de Saúde em meio a chuvas intensas

Devido às chuvas constantes que têm assolado a região,...

Semana do MEI acontece em Criciúma

Palestra de abertura será na segunda-feira (20), às 19h,...

Ferido, gato maracajá recebe atendimento após ser encontrado em galinheiro de Jaguaruna

Um gato-maracajá ferido recebeu atendimento na última sexta-feira, dia...

Lotérica Orleans informa: Mega acumula e sorteia R$ 37 milhões para amanhã terça-feira

Lotérica Orleans informa que nenhuma aposta acertou as seis...

Polícia Civil fecha fábrica clandestina de azeites

A Polícia Civil fechou uma fábrica clandestina de produção...

Notícias Relacionadas