Em projeto inédito, Avancini desbrava o Brasil em busca de desafios extremos e ‘heróis locais’

Bicampeão mundial de mountain bike, primeiro brasileiro a liderar o ranking internacional da UCI, dono do melhor resultado do País no XCO em Jogos Olímpicos e responsável por trazer abertura de uma Copa do Mundo de MTB à nação após décadas.

Maior nome do ciclismo nacional, Henrique Avancini lança o seu primeiro grande projeto após iniciar a transição de carreira para se aproximar ainda mais do público. Sob um prisma inédito, o ciclista desbravará o Brasil na série ‘Expedições com Henrique Avancini’ para apresentar a pluralidade da cultura das duas rodas, personagens icônicos de regiões inóspitas, paisagens pouco conhecidas e desafios extremos.

Disponível por meio do link, o primeiro episódio possui cerca de 10 minutos e mostra Henrique Avancini desbravando Serra da Estrela e Torres do Morin, uma região histórica de Petrópolis (RJ) que contém a terceira subida mais difícil do País. Por lá, ele teve de ser mais ágil do que um vira-lata e contou com ajuda de Wolf Soares, que detinha o recorde de velocidade nesta ladeira, para que, juntos, criassem um desafio e batessem esse tempo.

“Esse projeto concilia duas coisas importantes: performance e a questão do desafio não-competitivo. É extremo, mas não é uma competição. Você faz para tentar se superar, pois, na época de campeonatos, eu não tinha tanto tempo para explorar esses ambientes. E a veia da performance é muito latente em mim”, comenta Avancini. “Eu não estou treinando para ser campeão mundial, para ser reconhecido, mas pela essência do esporte e para mostrar o potencial da cicloviagem em nosso País. É um projeto que nasceu de forma natural, de modo que eu agregue ao biker comum em uma esfera maior, da pessoa que gosta de compartilhar seus feitos e descobrir novos lugares”, completa.

O projeto ‘Expedições com Henrique Avancini’ será composto por cerca de 12 desafios e desbravará diversos Estados, como Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Santa Catarina, entre outros. Em alguns episódios, o público conhecerá ‘heróis locais’, ou seja, ciclistas que possuem feitos extraordinários, mas são pouco conhecidos do público em geral, enquanto em outros, Avancini desafiará a si em contextos mais extremos. Aliás, segundo Henrique, a sua forma física está ainda melhor do que a da pré-temporada de 2023.

“Quando eu disse que interromperia a carreira competitiva, a reação do público foi de muita dúvida sobre os próximos passos. Poderiam pensar que o negócio seria descansar, ir para a praia… mas, a minha praia é essa, essa é a minha terapia. É parte do que eu sou, meu estilo de vida”, analisa. “Eu quero estimular as pessoas a fazer mais isso, a se dedicar por um objetivo pessoal, a ir a um lugar novo e incentivar a cicloviagem”, completa.

O primeiro episódio da série ‘Expedições com Henrique Avancini’ contou produção de BARBRA Creative Studio, direção de Gabriel Moraes, edição de Tuti Faganello e presença de Mariana Gomes e Guilherme Rosindo, gerente de produção e gestor de projetos, respectivamente.

 

Para mais informações: Kaíque Ferreira – 11 97652-6096 – kaique@melinatavares.com.br

Últimas notícias

Danielle Admoni ministra palestra interativa pela PUC-SP sobre violência nas escolas

Referência em Infância e Adolescência, psiquiatra abre discussões sobre...

Em golpe com uso de senha, banco deve pagar só o que excede limite

A 3ª Vara da Justiça Federal em Itajaí (SC)...

Vídeo: Popó nocauteia Bambam em 36 segundos de luta

Como esperado, o evento principal do Fight Music Show...

Motorista resgata na estrada filhote atropelado com paralisia. Um anjo salvou o outro

A história desse herói sem capa é uma das...

Herói da Baixada, que salvou família de enxurrada, terá homenagem na Alerj

O “herói da Baixada”, que salvou uma família na...

Notícias Relacionadas