Violência contra a mulher: denúncias ao Ligue 180 crescem 25% em 2023

A Central de Atendimento à Mulher, o Ligue 180, registrou 568,6 mil ligações em 2023, equivalente a 1.558 ligações por dia.

O canal fornece orientação às mulheres vítimas de violência e recebe denúncias sobre violações de direitos.

De acordo com o Ministério das Mulheres, o número de denúncias de violência contra o grupo aumentou 23% em 2023, passando de 87,7 mil em 2022 para 114,6 mil.

A quantidade de violações denunciadas por meio do Ligue 180 também cresceu — de 442,4 mil para 596,6 mil, alta de 25,8%. A metodologia adotada pelo canal permite que uma denúncia contenha mais de um tipo de violação.

Do total das notificações recebidas, 91,52% são referentes a ameaças à integridade psíquica, física, negligência ou patrimonial. Outros 5,63% dizem respeito ao impedimento de as mulheres usufruírem de sua liberdade – individual, sexual, de crença, laboral ou de expressão.

No início do ano, a Central de Atendimento passou por uma reestruturação. O governo federal abriu um canal de atendimento pelo WhatsApp.

Em janeiro deste ano, o Ligue 180 recebeu 48.560. Já os atendimentos via WhatsApp totalizaram 810.

O Ligue 180 é um serviço gratuito e fornece atendimento a mulheres em situação de violência em todo o país. O canal funciona 24 horas por dia, incluindo sábados, domingos e feriados. Para fazer denúncias pelo WhastApp, o número é: (61) 9610-0180.

 

Por:

Daniela Santos

Metrópoles

pexels-photo

Últimas notícias

Comarca de Orleans abre cadastro de entidades para destinação de penas pecuniárias

Em 2023, seis entidades receberam mais de R$ 83...

Brasil: menino de 13 anos que morreu após agressões na escola disse que tinha medo de morrer

Carlos Teixeira, de 13 anos, morreu na última terça-feira...

Homem é preso e 3 toneladas de carne são apreendidas em abatedouro clandestino em Braço do Norte

Operação da Polícia Civil e Cidasc ocorreu na tarde...

Sebo é alvo de roubo no Centro de Tubarão

O assaltante conseguiu levar consigo duas CPUs antes de...

Notícias Relacionadas