Servidora pública de Criciúma é indiciada pelo desvio de mais de R$ 60 mil

Uma servidora estadual foi investigada e indiciada pelo desvio de R$ 60.335,75 da instituição que trabalhava até se aposentar

Segundo as investigações formalizadas pela 2ª Delegacia de Polícia de Criciúma, os desvios ocorreram entre 2018 e 2020 quando ela trabalhava numa unidade situada no bairro Comerciário de Criciúma aproveitando da facilidade que o cargo lhe proporcionava.

Quando os fatos começaram a ser apurados, a suspeita agilizou seu processo de aposentadoria temendo perder o cargo por demissão, muito embora, caso seja condenada, ainda seja possível, em tese, ter a aposentadoria cassada.

Os fatos também foram apurados pela corregedoria do órgão e ela foi apontada como suspeita da prática de diversas infrações administrativas, uma delas, improbidade administrativa.

O crime de peculato-apropriação, tem a pena de 2 a 12 anos de reclusão, e multa.

As informações foram apuradas pelo Delegado Marcio Campos Neves e o inquérito segue agora para o Ministério Público de Santa Catarina (MPSC).

Fonte: Içara News

Últimas notícias

Bebê de seis meses morre ao se engasgar com leite

A guarnição do ASU-427 foi acionada para atendimento de...

Homem some durante pescaria em praia da região

Bota usada por vítima e acessórios de pesca foram...

Tubarão Futsal perde por 2 a 1 na Liga Nacional

O time se manteve com 15 pontos, faltando sete...

Desafio Rota da Baleia recebe inscrições

Quinta edição de corrida por trilhas passará por Garopaba,...

Faleceu aos 85 anos a Sra. Lelina Grassi Pereira

Faleceu ontem dia (22) a meia noite aos 85...

Notícias Relacionadas