Rua Coberta – Giro Henrique Lodetti: um novo espaço de lazer e cultura em Criciúma

Localizada entre as ruas Henrique Lage e São José, estrutura possui 140 metros de extensão e uma área de 1,7 mil m²

Um símbolo do compromisso da Administração Municipal com o desenvolvimento urbano e cultural de Criciúma, a Rua Coberta – Giro Henrique Lodetti, localizada em um dos pontos mais estratégicos da região central, entre as ruas Henrique Lage e São José, foi oficialmente entregue aos criciumenses. Com uma estrutura de 140 metros de extensão e uma área de 1,7 mil m², o novo espaço representa uma oportunidade para fortalecer a cultura, fomentar o turismo e impulsionar a economia local.
Entregue em uma solenidade realizada no último sábado (4), a Rua Coberta – Giro Henrique Lodetti foi apresentada com uma estrutura concebida para abrigar atividades gastronômicas e conta com mobiliário projetado para valorizar o comércio de rua e o entorno. O prefeito Clésio Salvaro destacou a importância do novo espaço para o desenvolvimento da cidade. “Já realizamos muito, mas ainda há muito a fazer. Criciúma é uma cidade em constante transformação, e é nosso dever garantir que continue prosperando para as gerações futuras”, afirmou.
Salvaro ressaltou, ainda, que a entrega da obra não foi isenta de desafios, mas representa o comprometimento da Administração Municipal em seguir adiante e promover o avanço da cidade. “Continuaremos trabalhando incansavelmente para fazer de Criciúma uma cidade que nunca para de crescer. Assim como os aviões não foram feitos para ficar parados no hangar, mas sim para voar, o desafio de um prefeito é fazer a cidade decolar, alcançar voos mais altos”, finalizou.
Sobre a estrutura
A Rua Coberta – Giro Henrique Lodetti foi inspirada no Passeio São Miguel, de Balneário Camboriú, e faz parte da renovação do Centro de Criciúma. Possui estrutura metálica e telhado em telha ausente, policarbonato e pergolado em madeira. A cobertura conta com formatos de triângulos e losangos, lembrando folhas e trazendo a sensação de aconchego. O paver da via é colorido, para facilitar o trânsito, priorizando os pedestres. Já no espaço destinado aos comerciantes, o piso é cerâmico, imitando madeira. O investimento para execução das obras foi superior a R$ 4,3 milhões, provenientes de recursos próprios do município e do Programa de Proteção e Defesa do Consumidor de Criciúma (Procon).
Origem do nome
Em 1973, a via foi denominada Travessa Henrique Lodetti, por meio da lei municipal n° 1012. Enrico Domênico Lodetti nasceu no dia 13 de setembro de 1884, em Fera Gera d’Adda, na região da Lombardia, na Itália, e chegou ao Brasil com os pais, em 1890. Enrique, seu nome brasileiro, participou do desenvolvimento de Criciúma, incluindo a construção do Hospital São José (HSJ), a fundação do Bairro da Juventude, entre outras obras. Henrique Lodetti faleceu no dia 30 de março de 1973, deixando como legado princípios como honestidade, trabalho e família.
Municipio de Criciúma

Últimas notícias

Prefeitura de São Joaquim adota medidas preventivas para garantir transporte de Saúde em meio a chuvas intensas

Devido às chuvas constantes que têm assolado a região,...

Semana do MEI acontece em Criciúma

Palestra de abertura será na segunda-feira (20), às 19h,...

Ferido, gato maracajá recebe atendimento após ser encontrado em galinheiro de Jaguaruna

Um gato-maracajá ferido recebeu atendimento na última sexta-feira, dia...

Lotérica Orleans informa: Mega acumula e sorteia R$ 37 milhões para amanhã terça-feira

Lotérica Orleans informa que nenhuma aposta acertou as seis...

Polícia Civil fecha fábrica clandestina de azeites

A Polícia Civil fechou uma fábrica clandestina de produção...

Notícias Relacionadas