PF e Receita Federal combatem descaminho e falsificação de artigos de luxo

A ação resultou na prisão em flagrante de duas pessoas por terem em depósito e expor à venda as mercadorias falsificadas irregularmente importadas

A Polícia Federal, em conjunto com a Receita Federal, deflagrou nesta terça-feira (12/3) a Operação Rebu para combate ao descaminho e à falsificação de artigos de luxo.

Em Curitiba, foi cumprido um mandado de busca e apreensão, sendo apreendidas diversas roupas, bolsas, malas, óculos e outros artigos de luxo falsificados de marcas famosas. A empresa responsável pela venda dos artigos anunciava abertamente os produtos em site próprio e em perfil de rede social, indicando que não seriam originais e sim “inspirações italianas”, praticando valores que, embora expressivos, sequer chegavam à metade dos indicados para os artigos de grife legítimos.

A exposição à venda e a manutenção em depósito de mercadorias de origem estrangeira sem o recolhimento dos tributos devidos constitui crime de descaminho, sujeitando o infrator a pena de reclusão de um a quatro anos.

Já a falsificação de mercadorias constitui violação de direito autoral, punível com pena de detenção de três meses a um ano, ou multa.

Comunicação Social da PF em Curitiba/PR

Foto: Divulgação PF

Últimas notícias

Comitiva de Imbituba está na maior feria de turismo da América Latina

Imbituba está representada por um grupo dirigido pela Secretaria...

Mutirão da campanha Castração é a Solução realiza 267 procedimentos no final de semana em Criciúma

Iniciativa tem como objetivo reduzir a quantidade de animais...

PM resgata cães e gatos em situação de maus-tratos em Treviso

Na manhã de segunda-feira, 15, a Polícia Militar de...

Juventus recebe R$ 1,5 milhão de emenda parlamentar para investir na base

O Juventus ganhou mais uma ajuda para o fortalecimento...

CBF afasta três árbitros após a 1ª rodada do Brasileirão

As polêmicas logo na primeira rodada do Campeonato Brasileiro...

Notícias Relacionadas