niversário de Floripa é comemorado com primeira etapa da 11ª temporada do projeto Limpeza dos Mares

A ação ocorreu simultaneamente na praia dos Ingleses e na Ilha Mata Fome

Os 351 anos de Florianópolis geraram comemorações em toda a cidade, no último sábado (23). Mais precisamente no norte da Ilha de Santa Catarina, o destaque ficou para a preservação e a conscientização ambiental promovida pelo projeto Limpeza dos Mares. Cerca de 150 voluntários, entre membros da comunidade, amantes do mar e mergulhadores, removeram 3,8 toneladas da areia, costão, dunas e restinga da praia dos Ingleses e do fundo do mar no entorno da Ilha Mata Fome.

Foi a primeira etapa da 11ª temporada da ação capitaneada pela Associação Náutica Brasileira (ACATMAR), Mundo Mar e Acquanauta Floripa. Com o resultado, até agora foram retiradas 169,1 toneladas das áreas contempladas pelo projeto. “A constatação sempre é triste pelo descaso constatado. Porém, a cada etapa encontramos uma comunidade mais atenta e consciente, principalmente nos lugares onde voltamos para mais uma força-tarefa”, afirma Michele Castilho, diretora do projeto. Ela destaca que entre os resíduos estavam um vaso sanitário, aparelho de TV, caixa d’água de amianto, bicicleta, cabos e restos de redes, garrafas pet, embalagens, cadeiras de praia e cabos de aço, entre outros.

Desta vez, os participantes receberam sacolas ecológicas produzidas a partir do material de comunicação visual do Carnaval da Capital – uma ação do Fort Atacadista, patrocinador mantenedor do Limpeza dos Mares. “Mostramos que resíduos podem ser transformados quando reciclados. É um trabalho de responsabilidade social que muito nos orgulha”, diz Silvia Vaccari Marquez, coordenadora regional de Marketing do Fort Atacadista.

No último sábado, o projeto contou com a participação de alunos da Escola de Aprendizes da Marinha e o apoio com barco da Escola Atlântico, despachante náutico associado da ACATMAR, além da Polícia Ambiental de SC, que compareceu com uma embarcação.

Esta etapa foi uma realização da ACATMAR, Mundo Mar e Acquanauta Floripa, com o apoio da Prefeitura Municipal de Florianópolis, apoio institucional da Capitânia dos Portos de SC – Marinha do Brasil, da Polícia Militar Ambiental SC, do ICMBio, do Corpo de Bombeiros Militar de SC, do Programa Bandeira Azul, da Soamar Florianópolis, do Floripa Sustentável e do Iate Clube de Santa Catarina – Veleiros da Ilha. O projeto também é apoiado pelas empresas Marina Blue Fox, BoatLux, Netuno Geradores, Água Rara, Sanautica, Marina Atlântida, Compre Náutica, Kamell, Mano’s Comunicação Visual e Escola Atlântico Despachante Náutico.

Fonte: André Seben/Jornalista/PalavraCom

Últimas notícias

Síndrome da fadiga crônica atinge mais mulheres e quem teve Covid ou dengue

No Brasil, o Ministério da Saúde não tem dados...

Equipe de Tubarão brilha no Brasileiro de Karatê

Neste final de semana, a cidade de Joinville foi...

Jaraguá Futsal amassa o Corinthians e sai na frente na 1ª fase da Copa do Brasil

Na teoria, equilíbrio. Na prática, domínio total aurinegro. Em...

O Tigre realizou um treino técnico e tático na tarde desta segunda-feira

O Criciúma terá pouco tempo de preparação até entrar...

Suicídio: o preocupante aumento da taxa entre crianças e jovens e a importância de falar sobre o tema

No período de 2011 a 2022, observou-se um crescimento...

Notícias Relacionadas