“Lá vem a Bonita!”: dupla de palhaçaria realiza apresentação em São Joaquim hoje sexta-feira

Ação realizada pelo projeto Roda Riso, composto por Gretta e Billy, será apresentada em São Joaquim, Canelinha, Monte Castelo, São Bento do Sul, Blumenau e Florianópolis em maio A dupla de palhaçaria Roda Riso, formada por Greice Miotello (palhaça Gretta) e Allan Ortega (palhaço Billy), dá sequência em maio à jornada de apresentações da intervenção de rua “Lá vem a Bonita!” por diversas cidades de Santa Catarina

Sediado em Florianópolis, o projeto realizará apresentações gratuitas em, Canelinha, Monte Castelo, São Bento do Sul, Blumenau, Florianópolis e em São Joaquim o espetáculo acontece nesta sexta-feira (10) na Casa da Cultura às 15h.

“Lá vem a Bonita!” traz ao público a possibilidade de conhecer a palhaça Gretta e o palhaço Billy de uma maneira diferente: sobre quatro rodas! Nesta intervenção, a dupla percorre as ruas de cada cidade com sua van/motorhome, apelidada carinhosamente de Bonita – uma companheira de aventuras que já os levou para diversos lugares do Brasil, chegando até o Nordeste, e também nos vizinhos Uruguai e Argentina. Com a intervenção “Lá vem a Bonita!”, a dupla se apresentou em abril deste ano nas cidades de Imaruí, São José do Cerrito, Monte Carlo e Lebon Régis.

“Nosso projeto é um acontecimento diferente em um lugar comum”, afirma Allan Ortega. “Além do poder da arte de estimular sonhos e criar fantasias, a gente também busca com os nossos trabalhos aliviar o estresse do público por meio do riso e da descontração e difundir cultura a uma parcela da população que não tem costume de consumir arte circense da palhaçaria”.

A intervenção “Lá vem a Bonita!” conta com direção de Ricardo Puccetti, membro do LUME Teatro (Campinas/SP) e uma das maiores referências no campo da palhaçaria de rua de todo o país. O Roda Riso por Santa Catarina é um projeto realizado por meio do Programa de Incentivo à Cultura, o PIC, do Governo do Estado de Santa Catarina, aprovado pela Fundação Catarinense de Cultura.

O Roda Riso por Santa Catarina conta com o incentivo da Condor. “Lá vem a Bonita! Ela mesma, a casa rodante que abriga a palhaça Gretta e o palhaço Billy. Hoje, em passeio exclusivo pela cidade, dando seu ar da graça! Billy e Gretta a conduzem, a transformam em palco e cuidam bem dela. Um show itinerante de roda e de riso para toda a família.

Lá vem a Bonita!” Intervenção de rua

Uma van chamada Bonita, que se torna personagem no contato com uma dupla de palhaçaria, que têm vivências e habilidades múltiplas – tudo isso em movimento, pelas ruas da cidade, provocando curiosidade, risos e olhares atentos da população que transita em sua rotina. Segundo Greice Miotello, a Bonita “é nosso motivo para a gente brincar juntos. Não existe uma dramaturgia, uma sequência lógica… a gente vai percorrendo a rua da cidade por um certo tempo junto com a van, fazendo nossa palhaçaria, nossos números individuais e coletivos, e vemos o quanto esta ação modifica o espaço. Um lugar comum que se torna palco, e depois que vamos embora, deixamos aquele rastro, uma memória marcada na mente e coração dos que nos viram passar”.

“Lá vem a Bonita!” é um espetáculo para ser visto por qualquer pessoa, de qualquer idade, pelo tempo em que a dupla esticar sua lona imaginária na cidade. O projeto chega para quebrar a rotina dos espaços, criar poesia e romper as relações cristalizadas que existem onde o circo da Bonita irá passar.

“A ideia é proporcionar ao público um encontro com Gretta e Billy e através da comicidade, descobrir novas maneiras de se olhar, e de olhar o mundo. Abrir novas possibilidades de existir neste espaço, pois muitas vezes, a rotina e o modo automático tomam conta das pessoas, condicionando como elas interagem com o ambiente e o outro”, explica o diretor artístico da intervenção, Ricardo Puccetti.

O projeto une, na mesma ação teatral, o universo da palhaçaria e do teatro de rua. É um espetáculo, uma intervenção que democratiza e traz acesso à arte e à cultura para aquelas pessoas que normalmente não têm o hábito de frequentar um teatro. “O olhar do palhaço, da palhaça, cria novas formas de interação entre as pessoas.

Permite a comunhão, o encontro humano e também faz com que a van deixe de ser um simples meio de locomoção para se tornar um personagem importante do espetáculo”, pontua o diretor.

Pintando sorrisos, rodando sonhos

Com incentivo da Condor, indústria catarinense que em 2024 completa 95 anos, por meio do PIC (Programa de Incentivo à Cultura) da FCC (Fundação Catarinense de Cultura), o projeto Roda Riso tem como alguns de seus principais combustíveis a conexão pelo riso e também o estímulo aos sonhos – que muitas vezes podem se tornar realidade.

O Roda Riso acredita que a arte pode transformar realidades, aliviar tensões, alimentar os sonhos, ajudar na criatividade e permitir olhar para o mundo e o outro, a outra, de outras formas. “Percorrer cidades com um carro/casa e ainda de forma artística já faz parte do imaginário coletivo: os circos que vinham com seus caminhões, trailers e lonas, traziam os espetáculos, as virtuoses, os grandes números dos artistas, a alegria… e depois iam embora. Aquela sensação de que algo transformador veio e foi embora, provocou o imaginário e fez pessoas rirem e chorarem trazendo à mente aquela ideia: e se eu fugisse com o circo?”, brinca a dupla. “Ou aquela curiosidade: será que é possível viver assim? Como são suas casas? Como é não ter um lugar fixo? Como é ter o mundo como quintal? Dá para viver de arte?”

Com esse imaginário, permeado por uma pandemia recente e por reflexões sobre o futuro, os artistas colocam então em prática esse sonho coletivo que os move: percorrer estradas, conhecer cidades, entrar em contato com várias realidades e mundos e, ainda assim, trabalhando com arte, que é a forma como escolheram para estar nessa vida. A decisão não é só por eles, mas também para inspirar a realização de sonhos de outras pessoas e a transformação social a partir da conexão de afetos.

Roda Riso

Roda Riso por Santa Catarina é o resultado do sonho de dois artistas, Greice Miotello e Allan Ortega, de viajarem com sua casa rodante levando na bagagem o que os move artisticamente: a palhaçaria. Nesta edição, a dupla segue pintando sorrisos por 10 cidades de Santa Catarina com a intervenção de rua “Lá vem a Bonita!”, dirigida pelo renomado diretor e palhaço Ricardo Puccetti.

Greice desde 2003 tem sua pesquisa focada na palhaçaria e no teatro de rua, produzindo, atuando, ensinando e dirigindo vários trabalhos artísticos principalmente em Santa Catarina. Allan é palhaço e produtor desde 2016 trabalhando entre Florianópolis/SC e Campinas/SP há quase cinco anos. Os dois artistas estão juntos produzindo alguns trabalhos e sendo propulsores um do outro.

 

Texto: Miguel Von Zuben

Últimas notícias

O Criciúma Esporte Clube recebeu o Laudo de Salubridade

O Criciúma Esporte Clube recebeu o Laudo de Salubridade,...

Faleceuaos 95 anos o Sr. Pedro Correa Nunes

Faleceu hoje dia (18) a 00:10 no hospital de...

Meia deixa o Atlético Tubarão uma semana depois de ser anunciado

Ele recebeu uma proposta do Ferroviário (CE), que disputa...

Agricultor de 74 anos colhe batata-doce gigante em Alto Bela Vista

O agricultor Ivo Kossian, de 74 anos, colheu uma...

Governo de SC vai lançar projeto para abrigar desalojados do Rio Grande do Sul

Segundo dados da Assistência Social, aproximadamente 400 famílias já...

Notícias Relacionadas