Juri escolhe melhores marcas de azeite extravirgem. Qual você usa?

Se tem uma coisa que todo mundo sabe é que azeite é mais saudável do que óleo de cozinha, mas com tantas opções disponíveis nas prateleiras dos supermercados, como saber quais são as melhores marcas?

Especialistas foram convidados pelo Paladar para avaliar 20 marcas com valor de até R$ 70 reais e descobrir qual é a melhor escolha de azeite extravirgem. Eles levaram em consideração o aroma, a fermentação do fruto e a intensidade de sabor.

No primeiro lugar do pódio ficou o azeite Las Doscientas (R$ 37,99, garrafa com 500ml). Na sequência veio a marca O.live & Co (R$ 39,88, garrafa com 500ml), e em terceiro o Cocinero (R$ 31,99, garrafa com 500ml). Você usa algum desses?

Eles são de países vizinhos

Curiosamente, os três azeites melhor avaliados no teste eram de produtores dos países vizinhos, Argentina e Chile.

Segundo os especialistas, isso ocorre porque esses azeites chegam mais rápido ao Brasil, garantindo mais frescor em relação aos azeites produzidos na Europa.

O teste foi realizado às cegas por 4 jurados em São Paulo.

Entre uma prova e outra, eles beberam água com gás e comeram fatias de maçã verde para limpar o paladar.

Mais sobre os azeites campeões

O Las Doscientas foi descrito com sabor equilibrado entre amargo e picante, com um cheirinho levemente verde e um toque de alcachofra.

O O.live & Co teve a picância como destaque, considerado de sabor potente pelos jurados.

Já o azeite Cocinero, foi avaliado com aroma fermentado, intensidade média, leve aroma frutado maduro, amargor e picância suaves.

Um bom azeite tem muitos sabores

Mas calma, não é só porque eles são os melhores que os outros não prestam. Na verdade, os azeites nessa faixa de preço são muito parecidos em sabor e têm um gosto menos intenso.

Eles são saudáveis, com 75% de gordura monoinsaturada, mas a experiência de sabor pode não ser tão boa.

Glenda Haas, produtora do azeite premium Lagar H, deu o segredo: “Um azeite de alta qualidade apresenta uma gama enorme de aromas positivos e diferentes”.

O que eles falaram sobre outros azeites

Dentre os azeites analisados, os especialistas também avaliaram marcas bastante conhecidas no mercado.

O Andorinha, foi considerado pelos jurados como insosso e com um leve aroma floral, apresentando defeito de fermentação e ranço.

O azeite Gallo não agradou devido ao sabor insosso e à sensação residual de ranço na boca.

Já o Borges, foi descrito como tendo defeito de fermentação, com sabor avinagrado e rançoso.

Os especialistas provaram os 20 azeites sem saber quais marcas eram, para evitar qualquer tipo de influência. - Foto: Tiago Queiroz

Os especialistas provaram os 20 azeites sem saber quais marcas eram, para evitar qualquer tipo de influência. – Foto: Tiago Queiroz

 

Azeites das marcas Andorinha, Galo e Borges - umas das mais populares do mercado - não tiveram uma boa avaliação. - Foto: Tiago Queiroz

Azeites das marcas Andorinha, Galo e Borges – umas das mais populares do mercado – não tiveram uma boa avaliação. – Foto: Tiago Queiroz

Com informações do Estadão.

Últimas notícias

Violência contra a mulher: denúncias ao Ligue 180 crescem 25% em 2023

A Central de Atendimento à Mulher, o Ligue 180,...

Vereadores de Orleans se reuniram nesta segunda dia 26 para tratar de vários assuntos

Os vereadores de Orleans se reuniram nesta segunda-feira dia...

Gaeco deflagra Operação Publicanos em combate à sonegação fiscal e lavagem de dinheiro

Na manhã de segunda-feira, 26/2, o Grupo de Atuação...

Polícia Militar desarticula laboratório de drogas sintéticas em Florianópolis

Na noite de domingo, 25, a Polícia Militar de...

Notícias Relacionadas