Grupo Movimento realiza trilha em Turvo e Timbé do Sul

As atividades de trilhas do grupo Movimento, de Siderópolis, foram reiniciadas neste domingo, dia 24

Um grupo de 41 pessoas iniciou uma caminhada no distrito de Morro Chato, em Turvo, e finalizou no Rio do Salto, em Timbé do Sul. “Caminhamos aproximadamente cinco quilômetros por uma estrada rural, passamos por uma pequena gruta. Aproveitamos para visitar duas cachoeiras, caminhar em trilhas curtas no meio do mato, andar sobre o leito do rio e alguns curtiram um banho de cachoeira”, informou a organizadora Josiane Carla Ronsoni.

Grupo Movimento realiza trilha em Turvo e Timbé do Sul

Os passeios do Grupo Movimento acontecem geralmente no último domingo de cada mês. O objetivo da organização é reunir pessoas que compartilhem do desejo de desbravar lugares diferentes, caminhando, fortalecendo amizades e com custos baixos. Muitos trilheiros experientes avaliam que falta profissionalização do turismo em Santa Catarina. Por outro lado, tem aumentado as reclamações de que muitos locais têm cobrado preços abusivos para entradas em parques e visitações em cachoeiras. “Eu penso que nossa região é muito rica em belezas naturais e pouco se explora esse potencial turístico”, concordou Mirtes Balbinot.

Agenor Luis Acordi mora no interior de Ermo e trabalha com lavoura de milho. Mesmo vivendo da agricultura, gostou de participar da trilha porque lhe proporcionou a sensação de liberdade e momentos de conexão com a natureza.

Grupo Movimento realiza trilha em Turvo e Timbé do Sul

Rosinete Silva morava em Joinville antes de fixar residência em Criciúma. Esta foi sua primeira atividade com o grupo. “Estou há pouco tempo morando aqui na região, adoro estar em contato com a natureza e posso dizer que foi um imenso prazer conhecer o Grupo Movimento, pois tive a oportunidade de conhecer pessoas maravilhosas e bem humoradas”, comentou Rosinete.

O almoço foi servido no Centro de Eventos Nono Polli, localizado há 12 km do centro de Timbé do Sul. O cardápio simples, era bem saboroso, oferecendo arroz, carne de panela com palmito e frango assado acompanhados de saladas de alface, repolho e tomate.

 

Fonte da Informação:

Ana Lúcia Pintro

Professora Matemática (Criciúma e Cocal do Sul)

Acadêmica de Jornalismo (SATC)

Últimas notícias

Síndrome da fadiga crônica atinge mais mulheres e quem teve Covid ou dengue

No Brasil, o Ministério da Saúde não tem dados...

Equipe de Tubarão brilha no Brasileiro de Karatê

Neste final de semana, a cidade de Joinville foi...

Jaraguá Futsal amassa o Corinthians e sai na frente na 1ª fase da Copa do Brasil

Na teoria, equilíbrio. Na prática, domínio total aurinegro. Em...

O Tigre realizou um treino técnico e tático na tarde desta segunda-feira

O Criciúma terá pouco tempo de preparação até entrar...

Suicídio: o preocupante aumento da taxa entre crianças e jovens e a importância de falar sobre o tema

No período de 2011 a 2022, observou-se um crescimento...

Notícias Relacionadas