Escolas de Imbituba e Garopaba recebem oficinas de percussão com base nos ritmos afro-brasileiros

Projeto Percussão Catarina, do músico e educador musical Luciano Candemil, passou pelas duas cidades proporcionando um momento diferente para a comunidade escolar

Na última quinta-feira (2) e sexta-feira (3), os estudantes da EEB Professora Justina da Conceição, de Imbituba, e EEB Maria Corrêa Saad, de Garopaba, respectivamente, tiveram a oportunidade de participar de uma atividade diferente. As unidades receberam o projeto Percussão Catarina: Oficinas de Ritmos Afro-brasileiros, do músico e educador musical Luciano Candemil, que está circulando por várias regiões do estado compartilhando conhecimentos do universo da percussão.

Durante a prática, Luciano Candemil e os músicos assistentes William Camargo e Cleyton Medeiros trabalharam com ritmos da chamada bateria de batucada. Entre eles, estão o ijexá, o samba-reggae e os diversos ritmos do axé, importantes elementos da música baiana e parte fundamental da cultura musical brasileira.

As oficinas, de acordo com Candemil, são importantes ferramentas de desenvolvimento para os estudantes no ambiente esolar. “Durante as práticas, pudemos vivenciar um momento colaborativo, em que a participação de todos foi importante para o resultado das atividades. Isso é importante para a comunidade que pôde conhecer um pouco mais sobre a nossa cultura musical e também ter essa experiência de integração através da percussão”, pondera o músico e educador musical.

O projeto Percussão Catarina

A proposta de Candemil com o projeto é oferecer uma formação em percussão sobre os ritmos afro-brasileiros que atualmente são tocados no território catarinense em vivências artísticas que estão passando por quatro regiões do estado: Sul, Vale do Itajaí, Grande Florianópolis e Norte Catarinense.

O projeto Percussão Catarina é uma realização da Cand Music Produções Artísticas, por meio do Programa de Incentivo à Cultura (PIC) da Fundação Catarinense de Cultura (FCC), Governo do Estado de Santa Catarina, tendo como incentivadora a Celesc – Centrais Elétricas de Santa Catarina S.A.

 

Fonte: Thiago Furtado – Projeto Percussão Catarina: Oficinas de Ritmos Afro-brasileiros

Últimas notícias

O Criciúma Esporte Clube recebeu o Laudo de Salubridade

O Criciúma Esporte Clube recebeu o Laudo de Salubridade,...

Faleceuaos 95 anos o Sr. Pedro Correa Nunes

Faleceu hoje dia (18) a 00:10 no hospital de...

Meia deixa o Atlético Tubarão uma semana depois de ser anunciado

Ele recebeu uma proposta do Ferroviário (CE), que disputa...

Agricultor de 74 anos colhe batata-doce gigante em Alto Bela Vista

O agricultor Ivo Kossian, de 74 anos, colheu uma...

Governo de SC vai lançar projeto para abrigar desalojados do Rio Grande do Sul

Segundo dados da Assistência Social, aproximadamente 400 famílias já...

Notícias Relacionadas