Castração é a Solução: mutirão beneficia 220 animais no bairro Vila Manaus em Criciúma

Animais foram castrados, microchipados e receberam medicação pós-operatórias. Iniciativa é da Prefeitura de Criciúma

A Prefeitura de Criciúma, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, via Núcleo de Bem-Estar Animal (NUBEA), realizou no último final de semana, mais um mutirão da campanha “Castração é a Solução”. A ação beneficiou 220 animais, entre cães e gatos, do bairro Vila Manaus. O objetivo da iniciativa é reduzir a quantidade de animais em situação de rua em Criciúma.
O programa recebeu investimento de R$ 500 mil, proveniente de emenda parlamentar da deputada federal Geovania de Sá. “A castração vai além de ser uma simples medida de controle populacional. Ela é uma forma de promover a saúde pública e o respeito pelos animais. Estamos determinados a dobrar a meta e criar um futuro em que o abandono de animais seja algo do passado em Criciúma”, enfatizou o prefeito Clésio Salvaro.
De acordo com o coordenador do NUBEA de Criciúma, Christophe Maximiano de Lima, os animais foram castrados, microchipados e receberam as medicações pós-operatórias necessárias. “A cada animal castrado, estamos evitando o nascimento de dezenas de filhotes que poderiam enfrentar o abandono e os perigos das ruas. A castração é fundamental para a saúde dos animais, reduzindo o risco de doenças e promovendo um comportamento mais tranquilo e saudável”, afirmou.
Municipio de Criciúma

Últimas notícias

O Criciúma Esporte Clube recebeu o Laudo de Salubridade

O Criciúma Esporte Clube recebeu o Laudo de Salubridade,...

Faleceuaos 95 anos o Sr. Pedro Correa Nunes

Faleceu hoje dia (18) a 00:10 no hospital de...

Meia deixa o Atlético Tubarão uma semana depois de ser anunciado

Ele recebeu uma proposta do Ferroviário (CE), que disputa...

Agricultor de 74 anos colhe batata-doce gigante em Alto Bela Vista

O agricultor Ivo Kossian, de 74 anos, colheu uma...

Governo de SC vai lançar projeto para abrigar desalojados do Rio Grande do Sul

Segundo dados da Assistência Social, aproximadamente 400 famílias já...

Notícias Relacionadas