Ação judicial pede despejo de prefeitura por atraso de aluguel

Portal entrou em contato com a prefeitura e aguarda retorno com posicionamento

A prefeitura de Laguna foi acionada judicialmente para pagar cerca de R$ 720 mil em aluguéis atrasados sob risco de ser despejada do Centro Administrativo Tordesilhas. O processo começou a tramitar na última terça-feira, 4, na 1ª Vara Cível da Comarca de Laguna.

Por mês, a prefeitura deve pagar R$ 79 mil de aluguel para o condomínio que administra o empreendimento. O valor não é reajustado desde 2019.

O Centro Administrativo abriga boa parte das estruturas do governo municipal, incluindo gabinete do prefeito e vice, e é sede para as secretarias de Administração, Educação, Comunicação, entre outras. Órgãos como a Fundação Lagunense do Meio Ambiente, Defesa Civil e Ouvidoria também estão no prédio.

Agora Laguna apurou que houve tentativas de se chegar a um acordo, mas, diante da inércia, a administração do Tordesilhas resolveu fazer o acionamento judicial.

Portal entrou em contato com a prefeitura e aguarda retorno com posicionamento. O espaço segue aberto.

Últimas notícias

Campanha busca fortalecer setor de exportação

A campanha tem dois eixo A ApexBrasil lançou uma campanha...

Inspeção por câmera com IA auxilia exportação

“Os dispositivos da Hikrobot fazem uma inspeção minuciosa" Os avanços...

Farol de Santa Marta terá tour guiado com acesso ao topo de 17 a 23 de junho

Dos dias 17 a 23 de junho, das 9h...

Prazo para alistamento acaba em 15 dias

empo de permanência na Marinha, Exército ou Aeronáutica é...

Drogas são apreendidas em barreira policial no Farol de Santa Marta

A ação foi realizada durante barreira policial montada na...

Notícias Relacionadas